Ginástica

Ao esticar o pescoço, você deve rolar a cabeça para trás?


Não sacrifique a segurança quando esticar o pescoço.

Imagens Creatas / Creatas / Getty Images

Músculos longos e flexíveis no pescoço permitem mover a cabeça em toda a amplitude de movimento. Isso se traduz em melhor postura, risco reduzido de lesões no pescoço e fornecimento aprimorado de oxigênio ao cérebro, para que você possa ficar alerta e concentrado ao longo do dia. Os alongamentos inteligentes do pescoço proporcionam alívio da dor e aumentam a mobilidade do pescoço sem comprometer a segurança. Evite exercícios que envolvam rolar a cabeça para trás, pois a hiperextensão do pescoço dessa maneira pode ser prejudicial.

Gorjeta

  • Esticar o pescoço tem seus benefícios, mas rolá-lo para trás pode comprimir os vasos sanguíneos e nervos e aumentar a pressão nos discos.

Sinta a pitada

Os movimentos tradicionais da cabeça, ou pescoço, envolvem a queda do queixo em direção ao peito, circulando a cabeça para um lado, continuando a rotação para trás e para o lado oposto e terminando com o queixo no peito. Embora certos aspectos do rolo completo da cabeça sejam discutivelmente benéficos, o movimento para trás da cabeça é arriscado. Rolar a cabeça em direção às costas pode comprimir artérias e nervos no pescoço e na base do crânio. Essa compressão, ou compressão, pode dificultar a entrega de oxigênio ao cérebro e resultar em tontura, dormência, fraqueza ou dor ao longo do braço, de acordo com o "Yoga Journal".

Em casos extremos, impedir a circulação pode causar uma breve perda de consciência. Mover a cabeça para trás também pode acelerar o processo natural de degeneração que ocorre na coluna cervical e agravar a artrite no pescoço.

Proteja seus discos

Rolos de pescoço falham em outro aspecto importante. Rolar a cabeça pode levar à trituração dos discos cervicais, porque as vértebras do pescoço não são projetadas para movimento contínuo ao longo de um caminho circular, de acordo com a Navy Physical Training Series.

Em vez disso, faça uma combinação de alongamentos que trabalham diferentes áreas do pescoço separadamente. Para alongar a nuca, por exemplo, expire e abaixe lentamente o queixo em direção ao peito. Mantenha a posição por até 30 segundos e levante lentamente o queixo. Para atingir diferentes fibras musculares atrás do pescoço, gire a cabeça levemente antes de deixar cair o queixo no peito.

Para os músculos do lado direito do pescoço, comece com o queixo nivelado e incline a cabeça diretamente para a esquerda, puxando a orelha esquerda em direção ao ombro esquerdo. Mantenha a posição por até 30 segundos e repita o alongamento do outro lado. Para cada variação, você obterá um alongamento mais profundo e satisfatório pressionando levemente a cabeça para baixo com uma mão.

Estique a maneira inteligente

Quaisquer que sejam os alongamentos que você usa, tenha cuidado para evitar lesões relacionadas ao alongamento. Aqueça levemente antes de alongar, especialmente se você estiver sentado por um tempo. Levante-se, marche no lugar por alguns minutos, balance os braços levemente para frente e para trás e vire a cabeça de um lado para o outro.

Antes de se mover para a posição de alongamento, fique em pé ou sente-se direito, alinhe o topo da cabeça diretamente sobre a coluna e pressione os ombros para baixo e ligeiramente para trás. Pense em alongar o pescoço, criando o máximo de espaço possível entre os ombros e as orelhas. Ao longo de cada alongamento, mantenha o foco e mantenha o controle total de seus movimentos, respirando uniformemente e trabalhando em um ritmo lento e relaxado.

Olhe além do alongamento

Optar por alongamentos seguros não é o único passo que você pode tomar para preservar a saúde do pescoço. No trabalho, evite sentar-se debruçado sobre a mesa e ajuste o monitor do computador para que a parte superior da tela fique ao nível dos olhos. Verifique sua postura ao longo do dia, evite colocar o telefone na dobra do pescoço e faça pausas frequentes para ficar de pé, se movimentar, alongar e massagear áreas doloridas. Ao dirigir, mantenha o assento do carro em uma posição bastante vertical que apoie sua cabeça.

À noite, durma com um travesseiro que não seja muito alto nem muito firme e use um travesseiro em forma de ferradura para apoiar seu pescoço quando você viaja e espera cochilar. Quando você carrega itens pesados ​​- incluindo bolsas e malas - tente distribuir o peso uniformemente entre os dois lados do corpo, para evitar sobrecarregar um lado do pescoço.

Recursos (2)